Monumento Natural El Morado – Cajón del Maipo

Já fomos ao Chile (jan-15) com a intenção de conhecer e fazer a trilha completa pelo Monumento Natural El Morado, localizado em Cajón Del Maipo. Trata-se de um parque enorme que fica na Cordilheira dos Andes e localizado a cerca de 95 quilômetros de Santiago. Honestamente, eu posso dizer que o Parque do Monumento Natural El Morado é o lugar mais bonito que eu já vi até hoje.

Esse é o último post da minha viagem ao Chile, os outros podem ser vistos aqui.

Monumento Nacional El Morado 9

Monumento Nacional El Morado 18

Essa é uma atração que não é tão conhecida pelos turistas brasileiros, apesar de ter sido o ponto alto da minha viagem. Uma prova de que é pouco conhecida é que nós encontramos somente um casal de brasileiros durante a trilha, o restante das pessoas por quem passamos eram de outras nacionalidades.

Como chegar

Com um GPS e um carro alugado é relativamente fácil chegar até o Monumento Natural El Morado. Há vários blogs e sites na internet explicando como ir. Parece que há agências turísticas que fazem esse passeio, porém com preços bem altos. Eu fui por conta própria e não tive problemas pra chegar até lá.

Monumento Nacional El Morado

Monumento Nacional El Morado 3

Como fui no verão, foi perfeitamente possível ir com um carro comum desde Santiago ate o parque. Nos últimos 10 quilômetros a estrada é feita de cascalho e há vários caminhões que levantam bastante poeira e pedrinhas. Não tenham pressa e façam o percurso devagar para evitar problemas com o carro.

Monumento Nacional El Morado 2

Monumento Nacional El Morado 1

Ah! Alugue carro com ar condicionado e mantenham os vidros sempre fechados. É muita poeira nesses últimos quilômetros.

Clique aqui para acessar o mapa do Google Maps desde Santiago até o Monumento Natural El Morado. A viagem de carro dura cerca de duas horas e meia. Planejem-se para sair cedo do hotel e chegar ao parque ainda pela manhã.

A Trilha

Logo na entrada do Parque Natural El Morado há uma portaria onde é realizado o pagamento do ingresso (1.500 pesos) e o guarda do parque dá algumas explicações sobre a trilha, entrega um mapa e anota seu nome. O horário de entrada do parque é de 08:30 as 13:00, e o de saída é até as 18:00.

Monumento Nacional El Morado 7

Monumento Nacional El Morado 6

No inverno, a trilha só fica aberta até o terceiro quilômetro, pois nesse período a neve atinge até um metro de altura. Somente é permitida a entrada com roupa e calçado apropriado para neve, neste época do ano. O horário de entrada e saída do parque também é diferente nesse período de inverno (maio a setembro).

Monumento Nacional El Morado 8

Monumento Nacional El Morado 13

A trilha completa até o glaciar possui 8 km e, normalmente, é realizada em cerca de duas horas. Multiplique por dois para a volta. Isso mesmo, são 16 quilômetros de ida e volta. Os primeiros 3 quilômetros da trilha são de subida e dá uma certa vontade de desistir, mas após esse início, fica bem mais fácil e a trilha se torna plana.

Monumento Nacional El Morado 16

Monumento Nacional El Morado 19

Monumento Nacional El Morado 13

Mesmo quem não se julgar apto a fazer os 16 quilômetros de trilha, digo que vale a pena ir nem que seja para fazer somente metade do percurso. Certamente você não irá se arrepender e verá paisagens de tirar o folego. Acredite, você irá se sentir dentro de um papel de parede do Windows.

Monumento Nacional El Morado 12

Monumento Nacional El Morado 11

Dicas

1) Passe protetor solar antes da trilha e leve para reaplicar;
2) É necessário ao menos 2 litros de água por pessoa;
3) Tênis de trilha é aconselhável, mas pode ser tênis comum;
4) Lá não tem nenhuma venda para comprar nada. Leve alguma barra de cereal e lanche leve;
5) Leve um casaco leve, mesmo no verão;
6) Vá de roupas leves e boné;
7) Abasteça o carro já em Santiago, pois não há posto de combustível nas proximidades.

Espero que tenham gostado do post. Aproveitem para assinar o blog e receber todas as atualizações por email.

Visite-nos no Google+

Follow us

Bruno Oliveira

Blogueiro em Sempre na Viagem
Carioca, servidor público, amante de viagens e corredor amador. Fascinado por fotografia e por conhecer novos lugares. Blogueiro e, a cada dia, mais ansioso por viver e viajar, é claro.
Follow us

9 comentários

  • glaucilainy

    Olá! Parabéns pelo post, muito bom!
    Quero conhecer Cajon del Maipo em setembro/2017. Vou com mais 3 pessoas e pretendemos ir de carro para aproveitar mais. Queremos conhecer Embalse el Yeso, Banos Colinas e agora Monumento El Morado.
    Vc acha que vale a pena ficar hospedado por 2 dias em San Jose del Maipo? Sobre a trilha que vc fez, vc acha q dá pra fazer em setembro?

    • Olá.

      Bem vinda ao sempre na viagem.

      Realmente não sei reponder essas suas perguntas. Eu me programei para um bate e volta de Santiago e não pesquisei sobre opções de hospedagem e etc.

  • Acha que vale a pena se hospedar por dois ou três dias em San José del Maipo para fazer a trilha, ir aos banhos e a represa com mais tempo? Estou vendo a pousada Casa de Carlitos.

    • Rodrigo.

      Isso vai depender do foco da sua viagem e do tempo que dispõe. Só me interessou mesmo a trilha, então foi suficiente alugar um carro logo cedo em Santiago e ir fazer a trilha. É um pouco cansativo, mas foi tranquilo.

      Grande abraço,
      Bruno.

  • Olá Bruno, gostei muito do seu post sobre o Cajon Del Maipo. Muito esclarecedor! Estou pensando em ir em fevereiro desse ano, creio que pegarei o clima parecido com o seu. Vi que você alugou um carro “comum” e conseguiu chegar sem problema em El Morado. Saberia me dizer se seria parecido chegar também em Embalse El Yeso com o carro comum ou se para lá o caminho se torna mais complicado?

  • Faz Simples

    Bruno,
    Ta aí um lugar que gostaria muito de conhecer quando for para o Chile. Visual incrível de pura contemplação e total ligação com as forças da natureza, adoro isso. Muito top!!!
    Tire-me uma dúvida, vc falou em sair de Santiago com o carro abastecido… isso seria com o tanque cheio? Vc voltou para Santiago com folga no combustível ou teve que ficar controlando? Morro de medo de ficar na estrada… 🙁
    Abração!

    • Realmente é um lugar diferenciado. Pra quem curte fazer trilha é imperdível. Voltei com folga pra Santiago. Voltei com meio tanque, mas aluguei um carro bem econômico. Só dei a dica pra que ninguém corra risco de ficar parado, não custa prevenir, não é? Rs

      Grande abraço.
      Bruno.

  • Flávia March

    Nossa, q lugar lindo!! E q fotos!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *