Fotografando na Pedra do Telégrafo

Atualmente a Pedra do Telégrafo é um dos lugares que mais tem recebido atenção de turistas e até mesmo dos cariocas. Todo esse ibope é devido a uma pedra pontiaguda no cume e que proporciona lindas fotografias com um efeito visual incrível. A trilha também faz parte do Parque Estadual da Pedra Branca e o acesso se dá por Barra de Guaratiba. Posso dizer que a visita à Pedra do Telégrafo é algo que vale a pena para quem curte atividade física, fotografia, trilha e uma boa aventura. Nesse post direi como chegar e darei algumas dicas.

Pedra do Telégrafo9

Pedra do Telegrafo 15

Já fazia algum tempo que eu estava querendo fazer essa trilha da Pedra do Telégrafo, mas sempre acontecia alguma coisa que me impedia de ir. Nesse domingo nublado (19/04/15), resolvi que ia mesmo assim. Afinal, o tempo não era dos mais bonitos, mas como não estava chovendo acabou sendo propício para trilhar.

Como eu já falei, o acesso é realizado através de Barra de Guaratiba. Para chegar até lá pode ser tanto pela orla, passando pela Barra, Recreio, Praia da Macumba, Prainha e Grumari; ou pode ir pela Av. das Américas (sentido campo grande). Eu recomendo ir pela Av. das Américas no início da manhã e, depois da trilha, voltar por Grumari, aproveitando para completar com um mergulho no mar após fazer a trilha.

Pedra do Telégrafo6

O acesso ao início da trilha e feito primeiramente por uma escada que leva à parte alta de Barra de Guaratiba. Essa escada fica localizada bem em frente a orla da praia (foto abaixo). Logo após subir a escada haverá uma igrejinha, vire a esquerda após a igreja e continue subindo a ladeira. Em pouco tempo vocês já verão alguma placa indicativa do início da trilha. Na dúvida, pergunte para algum morador local.

Pedra do Telegrago Acesso

Iniciando a trilha, não tem erro. Há diversas placas indicativas mostrando o caminho. Essa trilha é a mesma que dá acesso às praias desertas de Barra de Guaratiba, bem como a pedra da Tartaruga. Haverá placas apontando para “Praias” e para “Telégrafo“. Basta ir seguindo as indicações.

Pedra do Telégrafo2

Pedra do Telégrafo1

Pedra do Telegrafo 14

Pedra do Telégrafo11

Pedra do Telégrafo10

A trilha para o Telégrafo dura cerca de quarenta e cinco minutos de caminhada. A subida é constante e não há obstáculos no caminho. A pedra fica a 354 metros de altura.

Pedra do Telégrafo7

Pedra do Telégrafo8

Pedra do Telegrafo 16

É comum ver frases nos comentários das fotos nas redes sociais, tais como: “Foto linda, mas vocês são malucos“, “Cuidado, não faça nunca mais isso”, “Que bela montagem essa fotografia”. O que tenho a dizer é que é possível para praticamente qualquer um fazer essas fotografias. Só não vou contar aqui para não acabar com a graça e o segredo das fotos “ousadas”.

É importante que levem cerca de 1 litro de água para cada pessoa. Nós não levamos e sentimos muita falta.

Na volta, fomos no Restaurante Point de Grumari para tomar uma gelada e comer uns pasteis de camarão. O restaurante possui excelente música ao vivo, além de uma vista espetacular da Restinga de Marambaia (Área protegida e exclusiva do Exército). Super recomendado.

Espero que tenham gostado do post e não deixem de assinar o blog.

Caso haja alguma dúvida, postem nos comentários abaixo. Todos serão respondidos. Visite-nos no Google+

Follow us

Bruno Oliveira

Blogueiro em Sempre na Viagem
Carioca, servidor público, amante de viagens e corredor amador. Fascinado por fotografia e por conhecer novos lugares. Blogueiro e, a cada dia, mais ansioso por viver e viajar, é claro.
Follow us

4 comentários

  • Flávia March

    Na verdade, a de dificuldade “moderada” é a do ultimo post, né?! Para mim, é tudo tenso! 😛

  • Flávia March

    Bruno, sempre vejo essas fotos na pedra e fico querendo saber qual o segredo! Como sou meio sedentária e provavelmente não vou tão cedo fazer a trilha, que vc disse ser de dificuldade “moderada” (que é o mesmo que alguém me dizer “Flávia, nem sonhando…” rs), é ÓBVIO que vc vai me mostrar as fotos da pegadinha! kkkk Vou cobrar! 😉

    Bjs!

    • Só rindo com você Flavinha. Consegue fazer sim, é só ir parando aos poucos. Já fez a trilha do morro da Urca? Vamos fazer com uma galera..

      Vou pensar se te mostro a foto.. Rs

      Bjs

  • Ai Brunao , com certeza essa nos vamos conhecer só pelo visual já vale a pena. E a dica da água foi muito importante. Vamos encher os cantis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *