Trilha Morro da Urca (Pão de Açúcar)

Nesses dias lindos de primavera, resolvi dar uma pausa nos posts de Floripa para escrever sobre como chegar ao Pão de Açúcar, de forma saudável, sem subir pelo bondinho. Na verdade, quero falar sobre como subir até o primeiro morro (foto abaixo) que é chamado de Morro da Urca, através de uma trilha super fácil e gostosa de fazer. Quem sabe você não se interesse também.

Eu nunca havia me interessado por fazer trilhas e há cerca de um ano resolvi começar devido à diversas fotos que vi no Facebook de alguns amigos. Fiz essa trilha algumas vezes, inclusive para ver o pôr do sol, o que é super romântico para fazer com sua namorada(o).

Em minha opinião, esse é um excelente passeio para um final de semana com tempo limpo, especialmente porque você pode, gratuitamente, curtir tudo que há lá em cima – desde a linda vista até uma cervejinha gelada (essa é paga..rs) – com direito a muitas fotos lindas. Afinal, o Rio de Janeiro propicia isso: ser paparazzi em tempo integral.

Morro da Urca (nosso destino)

Morro da Urca (nosso destino)

Praia Vermelha - Urca

Praia Vermelha – Urca

Saída dos Bondinhos

Saída dos Bondinhos

Como começar

O acesso à trilha é feito através da pista Cláudio Coutinho – também chamada Caminho do Bem-te-vi e Estrada do Costão – que fica fica localizada na Praia Vermelha (Urca). Indo de carro, estacione próximo à Praia Vermelha e siga em direção à praia, o acesso a pista fica no lado esquerdo e ela encontra-se aberta diariamente, das 7h às 18h.

Pista Cláudio Coutinho

Pista Cláudio Coutinho – Fotografia: Wikipedia

Após começar a caminhar pela pista, você verá à esquerda uma espécie de clarão (entrância) na mata, com uma leve subida. É a partir daí que a trilha começa! Não há que se preocupar em se perder, pois o caminho é muito bem demarcado até mesmo pela grande quantidade de pessoas que fazem essa trilha todos os dias.

Consegue-se completar  essa trilha em cerca de 40 minutos (iniciantes), já contando com algumas paradas para respirar e beber água. Crianças a partir de 7 anos que não tenham nenhum problema ou restrição física também conseguem completar facilmente.

Durante a trilha

O percurso é curto, porém relativamente íngreme. É importante tomar um café da manhã completo em casa, passar protetor solar, repelente, levar água e alguma coisa leve para comer caso sinta fome. Quem não está acostumado com atividade física, eu aconselho que suba de forma devagar e sem conversar para não “morrer” antes de completar.

Vá de tênis e tome muito cuidado para não pisar em falso e acabar torcendo o pé.

Chegará um momento em que há uma espécie de platô que fará você pensar que a subida terminou, daí falta pouquinho, porém ainda tem alguns metros de subida. Tire algumas fotos, descanse, beba água e vire à esquerda para continuar a trilha.

É comum ver diversos micos pela trilha e recomenda-se não alimentá-los. Eles gostam de pousar para fotos, aproveitem para tirar várias.

Trilha Morro da Urca

Trilha Morro da Urca

Morro da Urca – Topo

Chegando ao topo, o acesso ao morro é liberado, diferentemente do que ocorre na trilha do Corcovado em que não podemos acessar as instalações do Cristo sem pagar. Isso é papo pra outro post.

Lá podemos reverenciar a linda vista que temos, através dos seus mirantes. Aí é que entendemos melhor a razão dessa ser a Cidade Maravilhosa. O visual é incrível e faz você esquecer todo o cansaço da trilha.

Bondinho

Bondinho

Heliponto - Pão de Açúcar

Heliponto – Pão de Açúcar

Marina da Glória

Marina da Glória

Urca

Urca

Pão de Açúcar

Pão de Açúcar

Você pode aproveitar para fazer um piquenique após chegar no topo. Lá há diversas mesas espalhadas para que possamos fazer esse tipo de coisa. Eu fiz e curti muito, além de ser super econômico.

Piquenique

Piquenique

Área de bares com iluminação noturna

Área de bares com iluminação noturna

Anoitecendo

Anoitecendo

Vista noturna da orla

Vista noturna da orla

Agora a melhor dica de todas

Quem decidir fazer a trilha na parte da tarde, pode aproveitar para ficar lá até o pôr do sol e descer de bondinho gratuitamente. Isso mesmo. Após as 19h, quem foi até o morro da Urca pela trilha, pode descer gratuitamente de bonde. Isso não é muito legal?

Espero que tenham gostado desse post.

Visite-nos no Google+

Follow us

Bruno Oliveira

Blogueiro em Sempre na Viagem
Carioca, servidor público, amante de viagens e corredor amador. Fascinado por fotografia e por conhecer novos lugares. Blogueiro e, a cada dia, mais ansioso por viver e viajar, é claro.
Follow us

7 comentários

  • Fiz essa trilha com meu namorado em 2013 por indicação de uma amiga carioca, realmente vale muito a pena! E fazendo a trilha e descendo depois das 19h economizamos mais de R$ 50,00 cada um!!! Fora o pôr do Sol que é de tirar o fôlego, né?

    • Pois é Tathyanna, essa é uma trilha que eu indico para quem quer fazer pela primeira vez. Aí dá pra sentir o gostinho se gosta ou não de trilha, para então, fazer trilhas maiores e mais legais. Em breve, colocarei no Blog um post sobre a trilha do morro dois irmãos… Abraços e continue nos acompanhando.

  • Eduardo pessanha

    Muito boa dica,vou fazer com certeza essa trilha.

  • Amanda Missel

    Essa trilha é mara!!! Sempre indico aos meus amigos de outros estados para faze-la!!

  • Fiz também essa trilha recentemente, com amigos de Recife, e eles simplesmente adoraram. Mas não sabia que poderíamos voltar de bondinho de graça após as 19h!! perdi a oportunidade… mas na próxima já sei. Valeu a dica!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *