Vale do Alcantilado – Trilha das nove cachoeiras – Maringá

Como prometi, vamos lá ao post exclusivo sobre a minha visita ao Vale do Alcantilado (junho-2014), especificamente à trilha das nove cachoeiras – continuação do meu post anterior da viagem a Visconde de Mauá.

Cachoeiras durante a trilha - Vale do Alcantilado

Cachoeiras durante a trilha – Vale do Alcantilado

Inicialmente me cabe dizer que o lugar parece um paraíso. É simplesmente lindo. A paisagem e a vista são imponentes, tornando-se impossível deixar de imaginar como seria nosso planeta sem a intervenção do ser humano, pois lá a intervenção foi mínima. Não preciso dizer que é o lugar dos sonhos de quem curte fotografia de paisagem. Saí da pousada por volta de 10:00 AM, após um café reforçado, e segui em direção a Maringá. Após cerca de 5km, vi a placa indicando o Vale do Alcantilado e saí da estrada principal em direção ao sítio onde fica a trilha das nove cachoeiras. Segui por cerca de 6 km em estrada de terra até a chegada ao sítio. A estrada é bastante irregular e é necessário ir devagar caso esteja com um veículo comum de passeio, mas nada que impeça ou prejudique a ida.

Um grupo com umas 10 pessoas passou por mim na estrada de terra com quadricíclos, provavelmente em algum lugar em Maringá deve haver uma empresa que faz essa trilha , incluindo o passeio de quadricículo. Acho uma excelente alternativa. É aquela máxima: unir o útil ao agradável.

O sítio que da acesso à trilha das nove cachoeiras fica localizado no Vale do Alcantilado que é uma região grande que possui também outras moradias, terrenos, sítios e fazendas. O sítio fica no final da estrada de terra.

Chegando à recepção do sítio podemos ver um amplo estacionamento (gratuito), um estande que oferece passeio de quadricíclo, tirolesa, bote numa pequena corredeira, entre outras atividades. Não fiz nenhuma dessas atividades e não cheguei a pedir informação sobre elas. Saliento que esse tipo de atividade aparentemente não possui ligação com o sítio, fica na área externa.

Área com outras atividades - Vale do Alcantilado

Área com outras atividades – Vale do Alcantilado

Entrada - Sítio do Alcantilado

Entrada – Sítio do Alcantilado

Entrada - Sítio do Alcantilado

Entrada – Sítio do Alcantilado

Estacionei o carro e me dirigi à entrada do sítio onde é necessário pagar uma tarifa de R$ 13,00 (por pessoa) para entrar na propriedade (que é particular). Surpreendi-me com comentários de algumas pessoas na internet dizendo que o valor é alto, sinceramente achei o valor bastante justo considerando a conservação e limpeza de toda a trilha. Logo na entrada da propriedade, antes do início da trilha, nos deparamos com esse visual espetacular. Podemos ver na parte superior da foto ao lado esquerdo, o destino final da trilha, a Cachoeira do Alcantilado, que deu origem ao nome de todo o vale.

Entrada - Vale do Alcantilado

Entrada – Vale do Alcantilado

A trilha completa possui a extensão de 1,5 km, totalizando 3,0 km (ida e volta). Durante o percurso podemos encontrar nove cachoeiras e o caminho todo é sinalizado com placas indicativas contendo o nome de todas elas. A trilha é toda ascendente com trechos mais íngremes e outros menos. As partes mais difíceis do percurso contam com corrimãos de madeira / corda para auxiliar a subida dos trilheiros menos experientes.

Vale do Alcantilado

Vale do Alcantilado

Como fui em período do inverno, a água estava muito gelada e eu preferi não tomar banho de cachoeira, mas aproveitei e parei para beber água diretamente da fonte.

Paradinha para beber água - Vale do Alcantilado

Paradinha para beber água – Vale do Alcantilado

Achei essa parte especialmente bonita. A mata é toda fechada em volta da cachoeira com exceção de uma pequena abertura no topo que dá passagem a luz do sol, iluminando todo o pequeno vale.

Vale do Alcantilado

Vale do Alcantilado

MAS…. Em uma das cachoeiras encontrei um corajoso que topou tomar um “quase” banho de cachoeira.

Vale do Alcantilado

Vale do Alcantilado

As fotos abaixo são do mirante que fica aproximadamente na metade do percurso total. Essa é a hora de beber água, curtir a vista e tirar muitas fotos. A vista da mata é esplêndida e foi nessa hora que pensei como existem lugares lindos em nosso país. Dois amigos que já tiveram a oportunidade de fazer esse passeio me disseram que eu tive muita sorte de pegar o tempo aberto, ambos foram em dia nublado com muita neblina devido à altitude.

Mirante - Vale do Alcantilado

Mirante – Vale do Alcantilado

Mirante - Vale do Alcantilado

Mirante – Vale do Alcantilado

Continuando a trilha, após a parada estratégica no mirante, me deparei com essa linda ponte que passa por cima de uma das cachoeiras do percurso. Como era dia de jogo do Brasil e não havia quase ninguém para tirar foto, tive que colocar a máquina no automático e sair correndo – literalmente. Os treinos de corrida fizeram a diferença..rs

Ponte - Vale do Alcantilado

Ponte – Vale do Alcantilado

A segunda metade da trilha foi mais íngreme, principalmente para chegar à Cachoeira do Alcantilado, porém é uma vista espetacular e fecha a aventura com chave de ouro.

Vista do topo - Vale do Alcantilado

Vista do topo – Vale do Alcantilado

Fim da Trilha - Cachoeira do Alcantilado

Fim da Trilha – Cachoeira do Alcantilado

A volta é pelo mesmo caminho da ida. Aproveitei, antes de voltar para cidade, para comer um pastel na lanchonete que fica próxima à recepção, dentro da propriedade. Recomento muito o pastel juntamente com uma Original bem gelada para finalizar o passeio. Espero que tenham gostado do post. Site: cachoeirasdoalcantilado.com.br

Visite-nos no Google+

Follow us

Bruno Oliveira

Blogueiro em Sempre na Viagem
Carioca, servidor público, amante de viagens e corredor amador. Fascinado por fotografia e por conhecer novos lugares. Blogueiro e, a cada dia, mais ansioso por viver e viajar, é claro.
Follow us

7 comentários

  • adorei as fotos Bruno e vou fazer esse circuito das noves cachoeiras no próximo feriado de Abril faço parte de um grupo de trilha na cidade que moro (VRTT), se ajudar alguém, essa trilha é de nível médio aproximadamente 5km ida e volta.
    abraços

  • 449-9816_3018 me mande cordenadas por favor

  • Consegue me mandar as coordenadas ? Estou em Maringá

  • Olá Bruno, como vai?
    Você se recorda de quanto tempo levou para realizar esse percurso da cachoeira?
    Vou passar um final de semana em Visconde de Mauá e queria tentar ir em mais lugares no mesmo dia que for conhecer o Vale do Alcantilado.
    Abraços!!!!

    • Olá Etiene,

      Não me recordo exatamente quanto tempo levou, mas acho que a trilha em si você consegue fazer em menos de duas horas. Isso também vai depender do seu condicionamento. Agora pra chegar lá tem uma estradinha de terra que não dá para andar muito rápido. Não esqueça de considerar isso!

      Recompensa ir conhecer o Vale.

      Abraços,
      Bruno.

  • Marcia Carvalho

    Qual a empresa que vc fez a trilha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *